Por que as políticas para lideranças podem representar um grande passo para melhorar o serviço público no Brasil?

20/07/2022 às 22:30

O Brasil precisa de melhores políticas para pessoas que ocupam cargos de lideranças. São esses cargos que detêm mais responsabilidade na gestão da coisa pública, e que mais impactam na qualidade e na oferta dos serviços públicos oferecidos à população. São cargos com grande capacidade de indução das transformações para dentro e para fora da máquina pública.

A proposta do Movimento Pessoas à Frente é criar e implantar uma política estruturada de gestão de pessoas, com foco na formação de lideranças. Acreditamos que o estabelecimento de diretrizes para pré-seleção e recrutamento, a adoção de programas de desenvolvimento para lideranças e a criação de unidades centrais de gestão de pessoas, entre outras, sejam todas medidas capazes de aprimorar substancialmente a administração pública. Mais do que isso: são iniciativas concretas e necessárias, ao alcance da sociedade, que podem tornar o Estado mais efetivo, capaz de prestar mais e melhores serviços à população.

Outras Notícias