Materiais

Confira os materiais relacionados a este tema e outras publicações.

MATERIAIS

Saiba mais

Estamos construindo propostas para uma agenda de gestão de pessoas no setor público em diferentes temas.

CONFIRA
Perguntas Frequentes

Como as políticas para lideranças poderão ser implementadas?

O Estado precisa ser um bom empregador, e para isso precisa ter critérios mais claros para selecionar profissionais para cargos de liderança. A proposta é fazer um projeto de lei em âmbito nacional com regulamentação da atração e pré-seleção para cargos de liderança. A legislação também deverá trazer a regulamentação da gestão de desempenho e desenvolvimento de lideranças.

Para o Movimento, uma boa política para seleção de lideranças pode dar mais efetividade e diversidade para o Estado se for bem implementada. Ou seja, o modelo de seleção desses profissionais deve equilibrar e confiança. Isso significa combinar critérios mínimos para a ocupação desses cargos, respeitando a manutenção da discricionariedade, de modo que os mandatários possam escolher aquelas pessoas que estejam alinhadas e comprometidas com sua agenda, mas garantindo que tenham as habilidades e competências compatíveis com a função.

Precisamos garantir que os profissionais mais preparados ocupem as melhores posições e sejam recompensados pelo tamanho de suas responsabilidades. Dirigentes mais efetivos dispõem dos meios adequados para aperfeiçoar a gestão das equipes e organizações que lideram, gerando um efeito cascata na melhoria da gestão pública.

Porém, isso não pode ser feito de uma forma que gere distorções. É preciso criar mecanismos de estímulo para que os gestores públicos se sintam motivados a assumir cargos de chefia de maior responsabilidade.


Continue lendo...

© 2022. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Startab Software